(11) 3284-1247 / 3262-3590
contato@cercirurgiaplastica.com.br
 
Membros Associados
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Home Profissionais A Clínica Cirurgia Plástica Estética Laser Hospitais Novidades Contato
 
Estética voltar
Peeling Químico

Exposição ao sol, acne e idade podem deixar a pele irregular, enrugada, manchada ou com cicatrizes. Se você quiser que sua pele pareça mais suave e jovem, considere o peeling químico, que utiliza uma solução química para suavizar a textura da pele, removendo as camadas exteriores danificadas.

Embora peelings químicos sejam utilizados principalmente na face, também podem ser usados para melhorar a pele no pescoço e nas mãos.

É POSSÍVEL MELHORAR:

• A acne ou cicatrizes de acne,

• Manchas senis,

• Rugas,

• Sardas,

• Pigmentação irregular da pele,

• Pele áspera e descamativa,

• Cicatrizes,

• Pele danificada pelo sol.

COMO AGE O PEELING QUÍMICO?

Soluções químicas são cuidadosamente aplicadas na pele para melhorar a textura, removendo camadas exteriores danificadas. Os produtos químicos usados são fenol, ácido tricloroacético e ácidos alfahidróxidos. Cada um tem uma finalidade diferente. A fórmula utilizada pelo seu médico será ajustada para atender às suas necessidades específicas.

PEELING QUÍMICO SUPERFICIAL

Melhorias sutis no início, mas com melhora gradual com tratamentos adicionais.

Se você tem pigmento irregular, ressecamento, acne ou rugas superficiais, o peeling químico superficial pode ser a escolha certa. Este tipo de peeling remove apenas a camada exterior da pele (epiderme) com uma esfoliação leve, resultando num brilho saudável. O médico irá utilizar uma combinação de ácidos alfa hidróxidos e beta hidróxidos, tais como ácido glicólico, ácido láctico, ácido salicílico e ácido maleico. Todos estes produtos químicos são brandos. Você pode repetir estes tratamentos semanalmente, até seis semanas, para alcançar os resultados desejados.

PEELING QUÍMICO MÉDIO

Sua pele terá uma aparência mais suave

Cicatrizes de acne, rugas mais profundas e tonalidade desigual da pele podem ser tratadas com um peeling químico médio. Os produtos químicos utilizados para este tipo de peeling irão remover as células epiteliais tanto da camada exterior da pele (epiderme) quanto da parte superior da sua camada média (derme). O médico irá utilizar o ácido tricloroacético, por vezes usado em combinação com o ácido glicólico

PEELING QUÍMICO PROFUNDO

Os resultados são excelentes, no entanto, a recuperação leva mais tempo.

Se você tiver rugas faciais profundas, pele danificada pelo sol, cicatrizes, áreas com aparência manchada ou até mesmo lesões pré-cancerígenas, o peeling profundo pode ser a escolha certa para você. Seu médico usará uma substância mais forte, chamada fenol, que penetra na camada inferior da pele (derme). Para este tipo de peeling, pode ser necessário anestésico local e sedação para diminuir qualquer desconforto.

O PROCEDIMENTO

• Seu rosto deve estar limpo,

• A solução química é espalhada em sua pele e deixada por apenas alguns minutos. Você pode sentir leve ardor,

• A área tratada pode apresentar aparência cinza esbranquiçada,

• Os produtos químicos são neutralizados com compressas salinas frias,

• A pele pode ficar vermelha ou marrom nos dias subsequentes ao peeling. Pode levar até seis semanas para que o resultado apareça.

CONSIDERAÇÕES ESPECIAIS, RISCOS E RECUPERAÇÃO

É preciso compreender que todos os peelings químicos apresentam alguns riscos e incertezas. Geralmente, é um procedimento muito seguro quando realizado por um cirurgião plástico qualificado e experiente. Acontece, raramente, mas pode haver infecção ou cicatrizes. Para pessoas com determinados tipos de pele, há risco de mudança de cor da pele de forma temporária ou permanente. O uso de anticoncepcionais, gravidez ou histórico familiar de descoloração acastanhada na pele pode aumentar a possibilidade de desenvolvimento de pigmentação anormal.

Se você já teve herpes labial, há um pequeno risco de reativação. Certifique-se de informar o seu médico, pois ele pode prescrever medicação antes e, imediatamente após, a realização do peeling químico, a fim de evitar o reaparecimento. Informe seu médico se você tiver histórico de quelóides ou quaisquer tendências incomuns de cicatrizes.

CONSIDERAÇÕES PARA CADA TIPO DE PELE

Peeling químico superficial

É provável que você apresente certa vermelhidão, descamação da pele, ardor e irritação. Após tratamentos repetidos, estes efeitos secundários, provavelmente, diminuem.

Outros riscos incluem:

• Hiperpigmentação. A nova pele pode ter muito pigmento, podendo aparecer manchas acastanhadas devido à exposição à luz solar. Sendo assim, use sempre protetor solar com fator alto de proteção,

• Infecção.

O PEELING QUÍMICO É INDICADO PARA MIM?

Agora que você sabe onde o peeling químico facial pode agir na sua pele, é importante entender o que não se consegue com o tratamento com peeling químico:

• Tratar rugas profundas,

• Tratar excesso de pele ou de flacidez,

• Estimular a produção de colágeno,

• Remover pequenos vasos visíveis,

• Alterar o tamanho dos poros,

• Remover cicatrizes profundas.

Você não é um bom candidato ao peeling químico se tiver:

• Histórico de pele com cicatrizes,

• Pigmentação anormal,

• Origem negra ou asiática,

• Verrugas,

• Cabelos ruivos e pele clara com sardas,

• Fez tratamentos contra acne no último ano.

 
   
© Copyright 2013 - Clínica CER. Todos os direitos reservados - Webmail
Desenvolvido por Doctor Virtual